CSPS - Centro Social Paroquial de Sambade

Seg-Sex: 9h - 18h

Início

Centro Social Paroquial de Sambade

Sobre Nós

O Centro Social Paroquial de Sambade, situado no “Coração” da aldeia de Sambade, concelho de Alfândega da Fé, distrito de Bragança, inserido no Adro Paroquial foi fundado em 12/07/1985, conforme o registo no livro das Fundações de Solidariedade Social. Em Janeiro de 1989 iniciou a valência Centro de Dia, passando mais tarde a Minilar, no salão Paroquial, situado no rés-do-chão da Casa Paroquial.

Para colmatar a falta de resposta social no nosso concelho, o Centro Social Paroquial de Sambade realizou em 2011 a ampliação da instituição, passando a ter capacidade de internamento para 23 utentes.

CSP Sambade

Porquê Escolher-nos
  1. Missão

    É missão do Centro Social Paroquial de Sambade contribuir para a melhoria da qualidade de vida do cliente, através da prestação de serviços com inovação, personalização e qualidade, por forma a obter a satisfação dos clientes.

  2. Valores

    O Centro Social Paroquial de Sambade inspira-se pelos valores da Solidariedade, da Igualdade, da Justiça, da Confiança e da Honestidade.

  3. Visão

    O Centro Social Paroquial de Sambade procura ser um modelo de referência enquanto instituição e desenvolver atividades de intervenção social. Apontando a contínua melhoria das suas valências, a proximidade e humanização numa ótica biopsicossocial e espiritual.

A Nossa Equipa

Quem Somos
Patrícia Raimundo
Diretora Técnica
Alexandra Jacinto
Animadora
Helena Pires
Enfermeira

Sobre o nosso Centro

A Estrutura Residencial constitui-se como uma Resposta Social, desenvolvida em equipamento, destinada a alojamento coletivo, num contexto de “residência assistida”, para pessoas com idade correspondente à idade estabelecida para a reforma, ou outras em situação de maior risco de perda de independência e/ou de autonomia que, por opção própria, ou por inexistência de retaguarda social, pretendem integração em estrutura residencial, podendo aceder a serviços de apoio biopsicossocial, orientados para a promoção da qualidade de vida e para a condução de um envelhecimento sadio, autónomo, ativo e plenamente integrado.

O serviço de Apoio Domiciliário é uma resposta social que consiste na prestação de cuidados individualizados e personalizados no domicílio, a indivíduos e famílias quando, por motivo de doença, deficiência ou outro impedimento, não possam assegurar temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou as atividades da vida diária.

-Fornecimento e apoio nas refeições, respeitando as dietas com prescrição medica;

-Higiene habitacional, estritamente necessária á natureza dos cuidados prestados;

O Centro Social Paroquial de Sambade procura ser um modelo de referência enquanto instituição e desenvolver atividades de intervenção social. Apontando a contínua melhoria das suas valências, a proximidade e humanização numa ótica biopsicossocial e espiritual.

Apoio Domiciliário

O serviço de Apoio Domiciliário reúne condições para prestar, pelo menos, quatro dos seguintes cuidados e serviços:

Atividades de Animação
Transporte
Higiene Habitacional
Refeições
Cuidados de imagem
Roupa
Conforto

Testemunhos

Embora não tendo nascido em Sambade, tenho uma grande ligação à terra dos meus pais. Aqui passava férias com a minha família, em casa dos meus familiares. Acompanhei a evolução do Centro Social e Paroquial de Sambade e, em 2018, a minha mãe passou a ser uma utente dessa instituição. Ficou viúva e a viver sozinha na sua casa, de onde não queria sair. Um dia caiu e, por feliz coincidência, eu estava presente. Ficou internada no hospital mais de uma semana (antes do Natal até ao início do ano) e a sua recuperação já decorreu no Centro Social, onde foi aceite de imediato. Se inicialmente punha algumas reticências em deixar a sua casa, agora a minha mãe sente-se bem e nem quer pensar em sair.

António Joaquim Oliveira

O Centro Social tem boas condições, uma rede de colaboradores atenciosos e cuidadosos, de fácil contacto, mantendo uma boa relação com os familiares dos utentes. Neste último ano, ficou comprovado o grande cuidado como tratadores, pois não ocorreu nenhum surto de COVID-19. Foi sempre dada a possibilidade de contacto com os utentes, sem deixar de cumprir as normas em vigor. Se fosse agora que a minha mãe tivesse o problema de saúde, não hesitaria em colocá-la no Centro Social e Paroquial de Sambade. Foi uma boa opção, que recomendo a quem tiver um familiar com necessidade deste tipo de apoio.

António Joaquim Oliveira (Cont)

Últimas Notícias

O Nosso Blog
Celebramos no dia de S. Pedro, todos os Santos Populares 🎈🎈

O S. Pedro foi celebrado com muita animação com todos os nossos utentes e equipa. 

Confinamento
Confinamento

O confinamento não termina e nós também temos necessidades  Nós por cá, além do vinho para os senhores e das cabeleiras, esteticistas e Licor Beirão para as senhoras, como bons transmontanos que somos, precisamos de chouriças, alheiras e aguardente. Não…

Dia de Reis

Muda-se o ano mas não se mudam as vontades, continuamos a cumprir tradições e o Cantar de Reis não podia ser diferente. Ontem celebramos o Dia de Reis com uma tarde animada 👑

Contactos

Entre em contacto